PortalGuarani.com
Inicio Nosotros Indice de Artes Visuales Indice de Literatura, Música y Ciencias TV Online Paraguay
Powered by
Idioma:
Seguinos:
Colores de fondo:
(Centro de Estudios Antropológicos de la UC) CEADUC


  ANTROPOLOGÍA PARAGUAYA - Obra de IZABEL MALINOWSKI - Volumen 71


ANTROPOLOGÍA PARAGUAYA - Obra de IZABEL MALINOWSKI - Volumen 71

ANTROPOLOGÍA PARAGUAYA

 

Obra de IZABEL MALINOWSKI

 

Universidad Federal de Paraná (Brasil)

 

Biblioteca de Estudios Paraguayos - Volumen Nº 71

Director: JOSÉ ZANARDINI,

Biblioteca de Estudios Paraguayos

CEADUC – CENTRO DE ESTUDIOS ANTROPOLÓGICOS

DE LA UNIVERSIDAD CATÓLICA

"NUESTRA SEÑORA DE LA ASUNCIÓN"

Página web: www.ceaduc.uca.edu.py

Asunción – Paraguay (2001).

 

INTRODUÇÂO

Este estudo sobre a Antropología que se faz no Paraguai' começou em 1998, quando eu ainda fazia o curso de Ciências Sociais na Universidade Federal do Paraná e prosseguiu com as atividades de urna bolsa-monitoria, do Departamento de Antropología. sob a orientaçâo da professora Solma Baptista. Essas atividades resultaram numa orientacAo monográfica que passou a fazer pane de um projeto maior, iniciado pela mesma professora, a partir de sua tese de doutoramento Peru. Uma Concepçâo Trágica da Cultura, 2 constituindo-se Rum espaço de eSludo sobre as especificidades que se produzem dentro de cada contexto sócio-cultural, concomitantemente á teoria antropológica c1ássica.

Trata-se de urna linha de pesquisa que priorila "a questâo da contextualizaçâo da(s) antropologia(s), em termos da(s) sociedade(s) e suas condiçôes sócio-culturais políticas, que propiciam seu(s) aparecimento(s)" (BAPTISTA, 1997, p. 7).

Em 1999, realizei urna primeira viagem á cidade de Assunçâo, com o intuito de fazeruma primeira aproximaçâo etnográfica as principais questôes acerca da Antropologia no Paraguai. Naquela etapa da pesquisa, que durou dezessete días de trabalho de campo, foí possivel ampliar o leque de perspectivas a partir de entrevistas e de um balanço bibliográfico preliminar que resultou na construçâo da monografia de final de curso intitulada A Antropología no Paraguai: urna introduçâo.

(MALlNOWSKI, 2001).

* Universidad Federal de Paraná (Brasil)

 

"A escolha do Paraguai como caso de investigaçâo deu-se a panir de um curso que a prof. Selma Baptista ministra para a graduaçâo, na UFPR, intitulado "Antropología Latino-Americana". Esse curso refiere sobre a importáncia de se conheccr a produçâo antropológica, latino-arncricana como exemplo do desenvolvimiento da Anlropologia mais conemporânea, dos seus limiles e avanços. Pelo fato de o Paraguai e o Brasil serem vizinhos, e de nâo estarem muito próximos no sentido de relaçôes e troca de conhecimentos antropológicos, escolhemos iniciar esta poequisa, no intuito de, por um lado, conhecer e aprender e, por otro, nos fazer conhecer, abrindo o canal da reciprocidade académica.

2 BAPTlSTA, S. Peru. Urna Concepçâo Trágica da Cultura. Tese de Doutorado. Sâo Paulo. UNICAMP, 1997.

A conclusâo dessa monografia e as sugestôes da banca examinadora levaram-me a construir um Projeto de Mestrado apresentado ao Programa de Pós-Graduacao em Antropologia Social da UFPR cm 2002. A intençâo, naquele momento, era aprofundar urna das questôes ali apresentadas. Inicialmente, optei por trabalhar com a trajetória intelectual do antropólogo brasileiro Egon Schaden, pois sua obra é amplamente divulgada no Paraguai e tida como fundamental para o estlldo dos Guarani.

Egon Schaden foi o primeiro doutor em Antropologia da USP com a tese Mitología heróica de tribos indígenas do Brasil, de 1945. Além dela, escreveu vários livros e artigos, dentrc eles: Aculturaçâo Indígena; Ensaios sobre fatores e tendencias da mudan~ cultural de tribos indias em con tato com o mundo dos brancos e Aspectos fundamentais da cultura Guarani. Trabal· hall como professor na USP e, em 1953, fundou a Revista de Antropo1ogia daquela instituiao. Como diretor dessa revista, ele foi o responsável pela publicacao do clássico Ayvu Rapyta. Textos Míticos de los Mbyá Guarani, de León Cadogán, em 1959. Nesse sentido, além de ser indicado como uma referencia teórica importante, tanto no Brasil como no Paraguai. principalmente ero rela~!o aos Guarani, Egoo Schaden também é ressaltado como um dos fomentadores do surgimento da Antropologia no Paraguai.

Foi com o intuito de trabalhar com a produçâo antropológica, principalmente de pesquisadores apontados como fundamentais para a Etnología Guarani, e que, assim como os grupos indígenas, nao estao sujeitos as fronteiras nacionais, que voltei ao Paraguai.

Em maio de 2003, estive novamcnte cm Assunçâo com a intençôe de obter mais dados para aprofundar a pesquisa. Fiz várias entrevistas, visitei museus e instituiçôes e adquiri livros e revistas num trabalho de campo que mais durou treze dias. Aa conversar com vários antropólogos e profissionais de áreas afins, observei um interesse comun pelos resultados da minha pesquisa monográfica. Segundo eles, ela seria um importante material pata profissionais da área da educaçâo cm Antropologia porque, há aproximadamente dais anos, tornou-se obrigatório, por lei, o oferecimento da disciplina Antropologia no Ensino Médio naquele país e o volume de material didático ali produzido sobre o assunto ainda é insuficiente.

A situaçâo é mais dificil quando se leva em consideraçâo que, até o momento, nâo existe un curso para formaçâo de antropólogos nas universidades do país, salvo o Curso de Antropología Aplicada do Centro de Investigaciones y Estudios Superiores de Antropología Aplicada - CIESSA que oferece urna modalidade de ensino a distancia com parceria com a Universidad Técnica Salesiana de Quito, no Equador. Esta é a única iniciativa direcionada para formaçâo academica de profissionais na área de Antropologia. Nas universidades a Antropologia surge cm alguns periodos apenas como disciplina de algunos cursos como em Ciencias Sociais, História, Direito, Medicina, dentre outros, ou em alguns cursos de pos-graduaçâo. Os estudos antropológicos feitos no Paraguai tero sido elaborados por pesquisadores tanto de dentro quanto de fora do Paraguai. Uns têm fonnaçâo acadêmica, outros sâo autodidatas.

No último día de trabalho de campo, acabei participando de urna reuniilo dos integrantes do Centro de Estudios Antropológicos - CEADUC, da Universidad Católica Nuestra Señora de la Asunción, única entidade no país a trabalhar com o tema da Antropología a nivel institucional, dentro de urna Universidade. Seu trabalho consiste basicamente em editar livros na área e publicar a Revista Suplemento Antropológico. Essa instituiçâo é um ponto de convergência dos profissionais da Antropologia no país. A reuniâo tinha por objetivo aprovar a pauta que constava da intenyao de realizar UID seminário, até o ano de 2004, justamente sobre a questâo da Antropologia no Paraguai. A partir da troca de informaçôes sobre o resultados da minha monografia, os integrantes desse grupo demonstraram interesse con seu prosseguimento.

Por isso, aceitei o desafio de prosseguir e de reestruturar os rumos daquela pesquisa monográfica e transformá-la numa dissertaçâo de mestrado. No entanto, tive consciência de que nâo poderla tratar de um tema tâo vasto em tâo pouco espaço de tempo. A estratégia usada foi começar por delimitar a área de aprofundamento do trabalho. A partir dos dados bibliográficos já obtidos, percebi que algumas obras e autores sa.o considerados como fundamentais para a constituiçâo da Antropologia no Paraguai. Essa pista pennitiu eleger, a principio, alguns autores e instituiçôes que poderiam proporcionar a construçâo de una etnografia do pensamento antropológico no Paraguai de modo sistematizado e delimitado temporalmente, a partir desse cânone.

O capítulo 2 desta dissertaçâo, denominado "Pressupostos Teórico-metodológicos: a Construçâo da Interpretaçâo" tem como objetivo apresentar os referenciais teóricos que dâo base a esta pesquisa, ou seja, a explanaçâo sobre a linha de pesquisa que pode ser definida como da "etnografia do pensamento".

Fuente: http://www.ceaduc.uca.edu.py   (Octubre, 2010)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Bibliotecas Virtuales donde fue incluido el Documento:
CEADUC
CEADUC – CENTRO DE ESTUDIOS ANTROPOLÓGICOS DE LA UNIVERSIDAD CATÓLICA

Compartir FB

 

Leyenda:
Solo en exposición en museos y galerías
Solo en exposición en la web
Colección privada o del Artista
Catalogado en libros en artes visuales o exposiciones realizadas
Venta directa
Obra Robada

Ver Perfil y otras Obras del Autor...


Sol de Oro S.A. - www.soldeorosa.com

Buscador PortalGuarani.com de Artistas y Autores Paraguayos
 
BILLETES DEL PARAGUAYLA GUERRA DEL CHACOACADEMIA PARAGUAYA DE LA HISTORIA MONEDAS DEL PARAGUAY 1790 - 2011MITOS Y LEYENDAS DEL PARAGUAYMUSEO VIRTUAL DE LA MUSICA PARAGUAYAMUSEO DEL HUMOR PARAGUAYOMÚSICA PARAGUAYA
BIBLIOTECA DEL PORTALGUARANILITERATURA PARAGUAYAHISTORIA DEL PARAGUAYIDIOMA GUARANIMISIONES JESUÍTICAS EN PARAGUAYCASA DEL LA INDEPENDENCIAREPUBLICA DEL PARAGUAYFILATELIA DEL PARAGUAY

Portal Guarani © 2015
Oficina: Asunción Super Centro - Gral. Diaz entre 14 de Mayo y 15 de Agosto - Local 372, 2do. Piso
TeleFax.: 451-486 - Contacto: info@portalguarani.com
PortalGuarani.com en fuente oficial de informaciones e imágenes del Paraguay para Wikipedia.org
Asunción - Paraguay - Proyecto Desarollado por Apunto

Algunos Logros y Reconocimientos
- Portal Guarani, Es declarado de Interés Cultural Nacional
- Portal Guarani, Es declarado de Interés Cultural Municipal
- Portal Guarani, Doble Ganador del WSA